12 de abr de 2012

Os Surfistas


Estrangeiro — Meu irmãoooo..., tipo assim...tem uma parada de um tal de Não-ser, tipo assim... do coroa Parmênides, que está dando um nó nos meus miolos desde que sou moleque.

Teeteto — Pô, Meu! Comigo... tipo assim... pode ficar frio. Pensa apenas na melhor maneira de levar a parada, tipo assim... que eu sigo a tua onda numa boa.

Estrangeiro — Sem essa de crocodilagem e nem tirando onda de X-9, mas... tipo assim... na boa e com cabeça aberta para a parada do Não-ser, tu, meu véio, sabe dizer que onda é essa?

Teeteto — Xiiii..., meu véio!!! Tipo assim... F...deu!!! Essas paradas nunca encarei não.

Estrangeiro — Pô, irado!!! A parada é não pensar muito na parada para parada não ser parada. Tipo assim... Deu para pegar???

Teeteto — Pô, Meu!!!! Isso é....IRADOOO! Uhhhh!!!!! Agora, véio, como faço a parada?

Estrangeiro — Meu irmão, tipo assim... é só não ligar a parada a p...rra nenhuma.

Teeteto — F...deu, meu veio! Sei fazer, tipo assim..., essas paradas não. Como é essa viagem?

Estrangeiro — Biiicho, tu é, tipo assim..., um melé mesmo! O papo é reto, é só não ligar o troço a nenhuma viagem e o negócio sai.

Teeteto — Bizarrroooo!!!

Estrangeiro — .........................................................Isso aí!!!!

Teeteto — ..................................................................Uhhh!!!

Estrangeiro — ................................................tipo assim...

Teeteto — .......................................................tipo assim...

Estrangeiro — ................................................tipo assim...

Teeteto — .......................................................tipo assim...


Estrangeiro — Meu Irmão, tipo assim...tô vazando.

Teeteto — É isso aí!

Nenhum comentário: