18 de out de 2012

Mais um canalha na cadeia.

Links para esta postagem
Hoje a luta contra a violência obteve um vitória. O comissário Eduardo Moura Mendes foi preso enquanto visitava o seu filho. Eduardo Moura Mendes matou a sangue frio sua ex-esposa, a professora Izaelma Tavares, por ela estar tendo um novo relacionamento. Pernambuco, agora, espera justiça, ou seja, uma punição extremamente rigorosa.

A Google está comemorando 161 anos de Moby Dick

Links para esta postagem

A Google comemora os 161 anos do grande romance Moby Dick. Moby Dick é um desses romances que guarda, entre suas linhas, diversas análises filosóficas. O romance trata da busca e da loucura autodestrutiva do capitão Ahad, personagem mutilado por uma baleia cachalote. Ahad é uma espécie de Prometeu mesclado com Fausto  que tem pretensões onipotentes de ir de encontra a ordem divina e o ente diabólico, testando os limites da condição humana.

Não encontrei uma versão em português no Domínio Público. Deixo, então, algumas palavras iniciais em inglês:

12 de out de 2012

La cidad de los fotografos - documentário

Links para esta postagem
"Na rua, ao ritmo dos protestos, estes fotógrafos se formaram e criaram uma linguagem política. Para eles, fotografar foi uma prática de liberdade, uma tentativa de sobrevivência, uma alternativa para poder seguir vivendo."

O Pensador dos Seixas

Links para esta postagem
Imagem de Osvaldo Barreto
"O homem é feito visivelmente para pensar;
é toda a sua dignidade e todo o seu mérito;
e todo o seu dever é pensar bem."

Blaise Pascal


A história dos caçadores

Links para esta postagem
Primeiro dia de observações depois da greve. A sala cheia de jovens com olhos lívidos a esperando as palavras do seu professor. Estamos numa aula de Filosofia e o pensar é objeto de busca. 
 
Lembramos, nesse momento, que na hora de se definir como ser humano, Descartes, filósofo da modernidade, afirmava ser antes de tudo “uma coisa pensante” e não um conjunto de ossos, carne e sangue. Assim, o pensar é o ponto principal de uma aula de filosofia, deve estar presente como horizonte permanente na prática de ensino de filosofia. 

No quadro, o professor rabisca a frase “Valeu a pena?”. Essa questão irá percorrer por todos os recantos da sala de aula. Estamos, através das palavras laqueadas num velho quadro negro, na cidade de Chicago. E plainamos pela Revolta de Haymarket. Diz o professor que homens se manifestavam pacificamente pela jornada de trabalho de 8 horas no ano de 1886. No meio da confusão, uma bomba explode bem no meio dos policiais. A “autoridade” armada até os dentes, imediatamente fere dezenas e mata onze membros da manifestação, que de início, era pacífica. Os organizadores mais comprometidos foram presos e incriminados pelo acontecimento (mesmo na ausência de qualquer prova).

Janis Joplin - imagens para esse "Dia das Crianças".

Links para esta postagem
"No palco faço amor com mais de 25.000 pessoas, e depois vou pra casa sózinha".

9 de out de 2012

Termos usados no Behaviorismo Radical - Skinner

Links para esta postagem
Termos

Respondentes: São atos desencadeados por eventos que lhes são imediatamente antecedentes. Os eventos desencadeador é conhecido como ESTÍMULO ELICITANTE.

Palavra ELICIAR: produzir.

Um RESPONDENTE pode ser “transferido” de uma situação para outra num processo denominado CONDICIONAMENTO RESPONDENTE ou CONDICIONAMENTO CLÁSSICO. Quando dizemos “transferido”, queremos dizer que um novo estímulo adquire a capacidade de evocar o respondente. O antigo estímulo elicitante permanece eficaz.


Como ocorre essas transferências?:

Estímulo INcondicionado (EI):

É um estímulo elicitante que produz um respondente (rEFLEXO) automaticamente. É aquele que normalmente ELICIA uma resposta específica.

Ex.: A comida na boca é um estímulo incondicionado para salivação nos seres humanos e em animais.

Resposta INcondicionada (RI):

É definida como o EVENTO, objeto ou experiência que não ELICITA a resposta INCONDICIONADA no início. O Estímulo neutro tem que ser combinado com o Estímulo incondicionado.

Ex.: Suponha que o som de uma campainha ocorra todos os dias ao meio dia, alguns segundos antes da hora de alguém almoçar. O som da campainha é um estímulo neutro porque inicialmente não evoca salivação.