23 de abr de 2012

A noite caí...

Photo Credit Katler Dettmann

"A noite caí,
O vento sopra
E no meu quarto
O silencio toca...
De repente ouço um barulho,
É na tranca da porta...
Imagino você,
Mas é só uma pessoa que se enganou de porta!"


Suame Rogério

_______________________________________

Houve um tempo que imaginava ser poeta, porém não havia blogs, sites, facebooks e etc. Teria que ter dinheiro ou ser meio porra louca e sair por aí nas ruas divulgando nossa poesia. Nesse tempo eu conheci outro "desesperado" para ser poeta "publicado" (pois poeta mesmo, já sentíamos que eramos)  e não havia espaço para dois garotos da década de 80 expor seus versos.

Hoje tudo mudou e nós também. Tomamos outros destinos e outros caminhos e seguimos. Isso é a vida. Hoje encontrei com ele no facebook e pedi para ele uma de suas poesias do passado. Esses versos singelos tomaram forma. Estava novamente no "beco da fome" tomando cerveja e fumando cigarro. Ainda não tínhamos vinte anos e tudo era luz e cor.

Relembrei o meu passado e avaliei os sonhos que foram despedaçados pela máquina do capitalismo e seu carrasco cruel,  o tempo.  E noites caíram, ventos sopraram e o passado volta fazendo um barulho estarrecedor.

Obrigado, meu amigo, por enviar essa pérola!!!

Nenhum comentário: