8 de jun de 2012

Robocop: o animal e não o homem.

"Embora os biólogos propriamente ditos, teóricos ou práticos, sempre aspirem a conhecer o homem para modificá-lo, essa dupla pretensão se realiza apenas por exceção. Pois ela é diretamente incompatível coma negligência irracional desses pensadores grosseiros com respeito às principais características da verdadeira natureza humana. No fundo, eles só estudam em nós o animal e não o homem, cujos atributos essenciais habitualmente permanecem todos desconhecidos para eles, até mais do que para o iletrado vulgar, segundo suas preocupações corporais. Nossos pretensos médicos são realmente apenas veterinários, porém mais mal educados que estes últimos o são hoje, pelo menos na França, e portanto são em geral tão pouco capazes de curar os animais quanto os homens".

Augusto Comte

Nenhum comentário: