19 de mai de 2012

Imagens em vídeo do atentado a Bomba na Escola Francesca Morvillo Falcone


A escola secundária "Institute Francesca Morvillo Falcone" tem essa denominação em homenagem a esposa de um famoso jurista anti-máfia, Giovanni Falcone, que também foi morto num atentado a bomba em 23 de maio de 1992, na Sicília, pela Cosa Nostra. Como jurista, buscou realizar uma grande façanha no seu país, por um final a centenária MÁFIA. Porém, como podemos ver, ela continua muito forte, mesmo após a sua morte. O atendado de hoje coloca a Itália numa situação embaraçosa. Nem mesmo as crianças, que estavam buscando realizar seus sonhos como verdadeiros cidadães, escapam dessa maligna organização. A bomba afetou gravemente a vida dos alunos, maioria meninas, que chegaram para a aula de sábado, matando um adolescente e ferindo vários outros. Foi uma provocação sem limite, uma vergonha para uma nação que se diz de primeiro mundo.

Tudo leva a crer que esse atentado foi uma demostrativa de força dos mafiosos da região, mas não ficou claro se havia uma ligação ao crime organizado a explosão desse sábado.

Para Giovanni Falcone, a máfia não é invencível. O jurista nos diz que "é um fato humanos e como todos os fatos humanos têm um começo, mas também terá um fim". Ter uma tal organização no seio da sociedade é extremamente terrível e muito grave para ser simplesmente ignorada. Contudo, como acreditava Giovanni Falcone, não é colocando o cidadão desarmado que obteremos uma vitória contra esses caras que imperam tanto na Itália como no Brasil. São muitos e estão mais organizados que o poder público. Porém, é tendo em mãos as melhores instituições que venceremos essa batalha. Hoje, esses bandidos colocaram a Itália numa situação vergonhosa, porém, até quando vamos suportar esses caras no nosso solo nacional? Até eles explodirem uma escola? A escola do seus filhos? Acorda, Brasil!!!

Nenhum comentário: