25 de out de 2008

Capiba (28 de outubro de 1904) II



Manda Embora Essa Tristeza
Capiba
Composição: Capiba

Manda embora essa tristeza, manda por favor
Pode ser que essa tristeza mate o nosso amor.
Manda embora essa tristeza, manda por favor
Pode ser que essa tristeza mate o nosso amor.
Tu andas tão triste, somente a chorar
Mas por isso eu não vou me privar de dançar
Tu sabes que eu passo o passo na rua
Mas é pensando na imagem tua.
Manda embora essa tristeza, manda por favor
Pode ser que essa tristeza mate o nosso amor.
Tu pensas que eu levo, inverno a verão
A dançar e cantar com o meu violão
Mas não é verdade
Te digo afinal
Só faço isso pelo carnaval.

________________________________________________

Maria Bethânia
Capiba
Composição: Capiba

Maria Bethânia
Tu és para mim,
A Senhora do Engenho
Em sonhos eu vejo
Maria Bethânia
És tudo o que eu tenho,
Quanta tristeza, eu sinto no peito,
Só em pensar,
Que o nosso amor está desfeito.
Maria Bethânia,
Tu sentes saudades de tudo eu bem sei,
Porém, também sinto,
Saudades do beijo que nunca te dei
Beijo que vive com esplendor,
Nos lábios meus
Para aumentar a minha dor.
Maria Bethânia,
Te lembras ainda daquele São João ?
As minhas palavras,
Caíram bem dentro do teu coração,
Tu me olhavas, com emoção,
E sem querer,
Pus minha mão na tua mão.
Maria Bethânia,
Eu nunca pensei acabar tudo assim,
Maria Bethânia,
Por Deus eu te peço,
Tem pena de mim,
Hoje confesso, com dissabor,
Que não sabia, nem conhecia o amor!!!

________________________________________________

Minha ciranda
Capiba
Composição: Capiba

Minha ciranda não é minha só
É de todos nós, é de todos nós
A melodia principal quem dirá
É a primeira voz, é a primeira voz
Pra se dançar ciranda
juntamos mão com mão
formando uma roda
cantando uma canção.

________________________________________________

Não sei o que fazer
Capiba
Composição: Capiba

Eu não sei o que fazer
Para o meu amor se consolar
Eu não sei o que fazer
Pro meu amor não chorar
Vivo noite e dia assim
Mas tenho esperança que isso terá fim.
Eu não sei o que fazer
Para o meu amor se consolar
Eu não sei o que fazer
Para o meu amor não chorar.
Fico noite e dia assim
Mas tenho esperança que isso terá fim.
Se for preciso eu trarei aos teus pés até a luz do luar
Tudo farei nesse mundo pra meu amor não chorar.
Canta que eu canto também, meu amor
Pra nossa vida alegrar
Quem canta vive feliz
Por isso é que vivo a cantar.
Eu não sei o que fazer
Para o meu amor se consolar
Eu não sei o que fazer
Pro meu amor não chorar.
Fico noite e dia assim
Mas tenho esperança que isso terá fim.

________________________________________________

O Mais Querido
Capiba
Composição: Capiba

Santa Cruz! Santa Cruz!
Junta mais esta vitória
Santa Cruz! Santa Cruz!
Ao teu passado de glória.

És o querido do povo
O terror do Nordeste no gramado
Tuas vitórias de hoje
Nos lembram vitórias do passado
Clube querido da multidão
Tu és o Supercampeão

________________________________________________

Que bom vai ser
Capiba
Composição: Capiba

Eu tenho esperança que um dia
Serei feliz contigo ao meu lado
E se for sincero o teu amor
Quem bom vai ser.
Tu terás de mim o que quiseres
Eu juro, podes crer.
Eu tenho esperança que um dia
Serei feliz contigo ao meu lado
E se for sincero o teu amor
Quem bom vai ser.
Tu terás de mim o que quiseres
Eu juro, podes crer.
Vem para meus braços, a vida é tao boa
Tão boa para quem sabe amar
Vem que eu serei fiel por toda minha vida
Ao teu amor, querida.
Eu tenho esperança que um dia
Serei feliz contigo ao meu lado
E se for sincero o teu amor
Quem bom vai ser.
Tu terás de mim o que quiseres
Eu juro, podes crer.

________________________________________________

Quem dera
Capiba
Composição: Capiba

Enquanto eu choro tu vives sorrindo
A vida é um eterno contraste
Eu choro porque te perdi
Sorris, talvez, porque me deixaste.
Enquanto eu choro tu vives sorrindo
A vida é um eterno contraste
Eu choro porque te perdi
Sorris, talvez, porque me deixaste.
Na vida tudo é assim
Viver feliz, quem me dera
Fui o culpado, bem sei, acreditando que eras sincera.
Enquanto eu choro tu vives sorrindo
A vida é um eterno contraste
Eu choro porque te perdi
Sorris, talvez, porque me deixaste.

________________________________________________

Quem Vai Pra Farol É o Bonde de Olinda
Capiba
Composição: Capiba

Você diz que gosta de mim
Mas só pode ser brincadeira de berlinda
Por que você mente tanto assim?
Quem vai pra farol é o bonde de olinda
Quem vai pra farol é o bonde de olinda.
Você diz a todo mundo que é milionária
Mas só lhe vejo andando a pé
Essa mania de mentir, meu bem, não convém
Viaje ao menos no loré.
Você diz que gosta de mim
Mas só pode ser brincadeira de berlinda
Por que você mente tanto assim?
Quem vai pra farol é o bonde de olinda
Quem vai pra farol é o bonde de olinda.
Você sabe que eu sei e todo mundo já fala
Porem você quer me ocultar
Confesse logo e deixe de patim para mim
Que você vive a me enganar

________________________________________________

Recife, Cidade Lendária
Capiba
Composição: Indisponível

Eu ando pelo recife, noites sem fim
Percorro bairros distantes sempre a escutar
Luanda, luanda, onde está?
É alma de preto a penar
Recife, cidade lendária
De pretas de engenho cheirando a banguê
Recife de velhos sobrados, compridos, escuros
Faz gosto se ver
Recife teus lindos jardins
Recebem a brisa que vem do alto mar
Recife teu céu tão bonito
Tem noites de lua pra gente cantar
Recife de cantadores
Vivendo da glória, em pleno terreiro
Recife dos maracatus
Dos tempos distantes de pedro primeiro
Responde ao que eu vou perguntar:
Que é feito dos teus lampiões?
Onde outrora os boêmios cantavam
Suas lindas canções

________________________________________________

Serenata Suburbana
Capiba
Composição: Capiba

Levo a vida em serenata
Somente a cantar
Quem não me conhece
Tem a impressão
De que eu sou tão feliz...
Mas não é isso não, não...
Se eu canto em serenata
É para não chorar
Ninguém sabe a dor que eu sinto dentro de mim
Ninguém porque eu vivo tão triste assim
Se eu fosse realmente muito feliz
Não chorava em todo canto
Nem cantava para abafar meu pranto.

________________________________________________

Teus olhos
Capiba
Composição: Capiba

Acorda, minha querida
E vem ver o luar
Vem ver a lua que brilha no céu refletindo no mar
Vem que eu quero também os teu olhos olhar
E matar a saudade que vive a me atormentar.
Acorda, minha querida
E vem ver o luar
Vem ver a lua que brilha no céu refletindo no mar
Vem que eu quero também os teu olhos olhar
E matar a saudade que vive a me atormentar.
Não há nada mais belo que o teu olhar
Nem o céu, nem o mar
Se não fossem os teus olhos
Eu vivia na treva a vagar.
Acorda, minha querida
E vem ver o luar
Vem ver a lua que brilha no céu refletindo no mar
Vem que eu quero também os teu olhos olhar
E matar a saudade que vive a me atormentar.

________________________________________________

Verde mar de navegar
Capiba
Composição: Capiba

Batuqueiro que baque é esse?
É o baque de nossa alteza
E não há mais que outro baque
Ó senhor mas é só tristeza
Cadê Leão Coroado
Cadê Cambinda Brilhante
Cadê Cruzeiro do Forte
Maracatu Elefante
Olha o céu olha para o mar
Verde mar de navegar verde mar
“Paixão pelo Pernambuco pelo P de Portugal
Por Olinda por Holanda por Mauricio de Nassau
Pelo Recife magia no dia de carnaval”

________________________________________________

Voltei Recife
Capiba
Composição: Luis Bandeira

Voltei, Recife
Foi a saudade
Que me trouxe pelo braço
Quero ver novamente "Vassoura"
Na rua abafando
Tomar umas e outras
E cair no passo

Cadê "Toureiros"?
Cadê "Bola de Ouro"?
As "pás", os "lenhadores"
O "Bloco Batutas de São José"?
Quero sentir
A embriaguez do frevo
Que entra na cabeça
Depois toma o corpo
E acaba no pé

Nenhum comentário: