4 de mai de 2008

Gregório de Matos



Gregório de Matos é o principal nome do Barroco Brasileiro. Nasceu, possivelmente, em 20 de dezembro de 1633. Morreu bem antes das primeiras Revoluções Americanas contra o domínio dos seus colonizadores, porém, já no seu tempo, era a voz de Gregório de Matos que se ouvia contra, no nosso caso, os colonizadores portugueses.



Num cenário mundial de desajustes econômicos, sociais, culturais e religiosos nasce a literatura Barroca, também denominado Marinismo, na Itália; Preciosismo, na França; Eufuísmo, na Inglaterra;; Silesianismo, na Alemanha; Gongorismo, na Espanha e em Portugal (denominado assim devido a Luís de Gôngora). Esse manifesto influenciou vários artista com o seu estilo pessimista, sangrento e trágico.



Gregório de Matos iniciou seus estudos no Colégio dos Jesuítas na Bahia e depois foi para Coimbra, onde é graduado em Direito. Vive por alguns anos em Lisboa e depois volta para Bahia. Na sua terra natal, é convidado para exercer o cargo de tesoureiro-mor da Companhia de Jesus. Devido as suas sátiras, fruto de um espírito irrequieto, abandona a igreja e é degredado para Angola. De lá é novamente banido. Volta ao Brasil, porém é proibido de pisar na Bahia e falar as suas sátiras. Morreu em Recife por volta de 1696.



Galeria de Imagens:

FogoOlhos AmarelosA rosa vermelhaAmarelaOlhos naturaisEstrela AmarelaDançando com o ventoZoo Dois Irmãos




Nenhum comentário: